PREMIAÇÕES

Menção Honrosa na categoria Edifícios pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil:

Prêmio iF Communication Design Awards 2011

IF Design 2011, na categoria “Corporate Architecture”.

O projeto de sinalização do Edifício Jatobá, situado na Zona Sul da capital paulista, foi um dos vencedores do iF Communication Design Awards 2011, na categoria “Corporate Architecture”, o principal objetivo do projeto de sinalização do edifício, um empreendimento corporativo de alto padrão com certificação 'Green Building', foi obter uma solução sofisticada evitando os clichês de consciência ecológica.

Para dar uma dimensão artística e artesanal ao projeto, confeccionamos as peças com a conceituada artista ceramista Kimi Nii, sendo cada peça única, com uma exploração direta sobre o material, sem processos industriais desnecessários. As informações são passadas por cortes no material ou pelo processo de gravação durante a queima da cerâmica. Peças extras em aço corten exploram outro aspecto natural típico: a modificação ao longo do tempo, pela corrosão do material.

Reconhecido por sua credibilidade, o iF Design Awards avalia o design de produtos do mundo todo, assim como sua tecnologia e valor diante do público consumidor. A premiação nasceu em Hannover, na Alemanha, em 1953, por iniciativa da Associação Federal da Indústria Alemã (BDI) e da Deutsche Messe AG, organizadora de grandes feiras mundiais na cidade.

Atualmente, o iF Design Awards é considerado uma das premiações de maior relevância do setor na Europa. Seu júri é composto por renomados profissionais do design mundial. O selo do iF é uma espécie de certificado relacionado aos melhores produtos e serviços que se destacam por um design de excelência.


Prêmio AsBEA 2010, na categoria Edifícios de Serviços

O projeto Jatobá ganhou o prêmio AsBEA 2010, na categoria Edifícios de Serviços. O projeto adota os parâmetros do Leed(Leadership in Energy and Environmental Design), com a classificação ‘Gold’, por atender a uma série de critérios de sustentabilidade. Entre eles estão o bicicletário e os vestiários ou vagas para automóveis com combustível de fontes renováveis, outros itens se referem à racionalização no uso de água, por meio da captação e reutilização de águas pluviais, resultando numa economia de 30%. O Jatobá Green Building adota ainda sistema de ar condicionado tipo VRV (Volume de Refrigeração Variável) individualizado, iluminação de baixo consumo e alto rendimento, aliados a bandejas de reflexão e brises de controle solar das fachadas. A solução garante economia, com significativa redução do consumo de energia elétrica.